Arquivado em: Diário de Viagem 16 ago. 2015

Paris, la ville de l’amour

16 ago. 2015

Paris, la ville de l’amour

Arquivado em: Diário de Viagem Tags: , , ,

Paris, a cidade do amor.

Uma infinidade de encantos, uma beleza esplendorosa, um lugar que está na lista de viagem de muita gente.

Não achei que fosse conhecer Paris tão cedo e foi tão emocionante quanto pensei que seria.

Ficar somente quatro dias é a parte mais triste, porque é um lugar que dá pra sentir falta fácil.

paris6

paris5

Bom, o que podemos encontrar aqui é exatamente tudo o que já ouvimos falar, que vemos em filmes e livros. Cada detalhe conta e nada me desapontou.

No primeiro dia fomos ao Jardim de Luxemburgo e conhecemos Notre-Dame. O tempo estava muito instável e, apesar de ser verão, choveu bastante e fez muito frio, talvez menos que 18°C.

Ao visitar o Jardim de Luxemburgo, você se sente em um cenário de filme. Muitas árvores, algumas verdes e outra já se preparando para o outono, flores, crianças brincando no parque, quadra de futebol, tênis e pessoas tomando sol deitadas na grama.

paris4

O sistema de transporte é um pouco parecido com o português, mas não aprendi muito a usar porque fui guiada todo o tempo pelo meu irmão.

Como não sou residente e nem estudo aqui, diferentemente de Portugal, não tive opção de fazer um passe mensal, que fosse mais barato, ou do gênero. Os tickets não valem por muitas horas, você geralmente compra um para cada transporte que pega, mas aos sábados e domingos um ticket serve pro dia inteiro.

As coisas são muito mais caras do que em Portugal, principalmente comida. E não se engane achando que por ser a capital da moda ou dos produtos de beleza que eles serão baratos. Eles não são mesmo.

Em Paris você pode encontrar lojas de souvenires em todo o lugar, geralmente o preço das coisas é igual, parece tabelado.

Notre-Dame é certamente um dos lugares que não se pode deixar de visitar. A fila para entrar na catedral é bem grande, mas anda rápido. Não subimos nas torres porque as filas são ainda maiores. Pra quem quer subir, eu acho que vale à pena, mas é pago.

paris1

paris2

Ver os monumentos, igrejas e outras coisas que só conhecemos de longe, traz uma emoção compreensível, mas extrema.

No dia que fomos a Notre-Dame estava tendo um tipo de procissão, foi muito bonito de ver, mas estava muito cheio, então não deu para tirar boas fotos.

Paris é tudo que já ouvimos falar e muito mais.

Acompanhe o blog pelo Facebook e Instagram e conheça os outros dias da viagem.

paris3

Comentários:

(via facebook plataforma)

Comentários: (via plataforma)

0 Comentários

Comente aqui: